Arquivo do mês: setembro 2013

Como está a gestão de sua carreira profissional?

por Marcelo Daniel Sanches
em 01/12/2011 06:22:28

São diversas as opções para a escolha de uma trajetória profissional. Há a
possibilidade de se seguir uma carreira pública ou privada. Há quem prefira trilhar um
caminho mais acadêmico. Há aqueles, ainda, que preferem empreender, ao invés de
serem empregados. O profissional deve priorizar uma formação generalista ou
especialista? Quais os possíveis caminhos? Quem são os responsáveis pela
preocupação com essas questões, as empresas ou os indivíduos?

Ao contrário desta vasta gama de possibilidades de escolha está a preocupação
voltada para a gestão de carreira. Quanto tempo geralmente é investido pelas
pessoas em seu dia, simplesmente, para tomar conta de suas carreiras?

É fato que todas as pessoas investem parte do seu tempo para o pagamento de suas
contas, manutenção de sua residência ou de seus automóveis, ou até mesmo para
cuidar de sua saúde. Da mesma forma que há uma atenção dispensada para todas
essas tarefas, é fundamental que haja um espaço de tempo voltado para a gestão de
carreira.

Gestão de carreira nada mais é do que simplesmente administrar seu próprio caminho
profissional, não é mesmo? Bem, a tarefa de se realizar uma gestão eficaz da carreira
pode não ser tão simples quanto parece. Esta envolve, entre outros fatores,
planejamento, preparação, foco, paciência e muito empenho.

Para que os objetivos profissionais de um indivíduo sejam atingidos é necessário que
se tenha em mente a importância do planejamento e da disciplina.
Um dos maiores problemas encontrados nesta questão é o fato de a decisão de
carreira a ser seguida ou, ainda, a realização de um planejamento estratégico com o
objetivo de alcançar determinados objetivos profissionais serem realizados, de uma
maneira geral, quando o profissional é ainda bastante jovem, e lhe faltam subsídios (e
conhecimentos) suficientes para tal tomada de decisão.

Podemos afirmar, também, que falta um momento de reflexão para analisar sua vida
presente e concentrar esforços para o planejamento do que virá adiante. E isto
deveria ser diferente, pois na maioria dos casos, as pessoas passam muito mais
tempo em seus locais de trabalho do que realizando tarefas relacionadas à sua família
ou à sua vida pessoal. Deste modo, a preocupação voltada para a carreira demanda
especial atenção.

Realizar a gestão de carreira não é simplesmente decidir-se sobre o desejo de seguir
ou não, esta ou aquela carreira, mas compreender o que deverá ser realizado na próxima

fase da vida profissional, preparando-se para que o processo de aprendizado
seja condizente com ela.

Vale ressaltar que os gestores e líderes de pessoas nas organizações também
desempenham um papel importante na trajetória profissional de seus empregados.
Além disso, vários são os recursos disponíveis para auxiliar os indivíduos
(trabalhadores) a realizarem uma gestão de carreira de acordo com seus desejos e
objetivos. Esses recursos variam desde manuais práticos e workshops de
planejamento de carreira, até o auxílio específico de profissionais da área de recursos
humanos como o aconselhamento de carreira (mentoring e coaching).

Para que se tenha uma gestão de carreira bem sucedida é importante, ainda, que o
profissional tenha em mente que a personalidade é um fator determinante importante
na escolha da carreira e que não existe um padrão de quais competências devemos
desenvolver para termos sucesso. Isto porque, são diversas as competências
utilizadas no mundo do trabalho. Deste modo, para realizar um planejamento de
carreira mais assertivo, é fundamental que este seja capaz de reconhecer suas
habilidades e inclinações.

Artigo publicado no conteúdo on line da Editora Empreendedor em 14 de novembro de 2011

Anúncios

Cuide da sua postura profissional e prospere na carreira!

Por Silvana Lages

O mundo corporativo tem passado por inúmeras mudanças nos últimos anos. As organizações têm se dado conta de que uma estrutura organizacional bem planejada e profissionais qualificados já não são mais artigos de luxo, mas sim essenciais no desenvolvimento e crescimento da empresa.

O capital humano tem sido muito valorizado, e aí vale questionar: a minha postura no trabalho tem correspondido aos anseios da empresa? Tenho contribuído para o meu sucesso e o dos que trabalham comigo?

Como a tarefa de conseguir as respostas para estas perguntas pode não ser das mais fáceis caso você esteja fazendo uma autoanálise, resolvi reunir três dicas simples para você começar a mudar sua postura dentro do ambiente profissional e alcançar melhores resultados a partir disso. Acompanhe.

  1. Deixe os problemas pessoais em casa – é verdade que não dá para separar 100% trabalho de vida pessoal. Porém, profissionais com uma postura louvável sabem que o rendimento no trabalho não deve ser prejudicado por causa de problemas pessoais. Você pode comemorar suas alegrias pessoais com os colegas do trabalho e até mesmo compartilhar seus problemas, porém cuidado para não ultrapassar os limites. Evite passar horas falando da sua vida pessoal e queixando-se de seus problemas; foque-se no que traz resultado, a execução de suas atividades, e ganhe pontos na avaliação de sua postura;
  2. Seja um profissional elegante – falar alto demais no ambiente corporativo, sair da mesa o tempo todo para pegar um cafezinho, fazer fofoca, usar o telefone para conversas particulares e comentar notícias que você viu na internet e que não têm nada a ver com o seu trabalho depõem contra sua postura profissional. Seja elegante e siga confiante na sua batalha por uma postura mais adequada;
  3. Tome cuidado com seus e-mails – a linguagem que utilizamos em um bate-papo informal com nossos colegas não deve ser a mesma que usamos quando enviamos um e-mail profissional para esse mesmo colega. E-mails são documentos, e a forma como você se expressa por meio deles também entra na contabilidade da sua pontuação em termos de postura. Assim, evite usar gírias, não extravase demais seus sentimentos em relação a um cliente, por exemplo, e atente-se para as regras gramaticais. Por mais que você não domine todas as regras escreva com cuidado e revise tudo antes de enviar. Português é sempre importante!

Leve essas dicas em consideração, assuma uma postura de confiança, mostre suas habilidades e construa uma boa caminhada na sua organização. Seu sucesso depende muito de você!